INICIOU, HOJE, AS 9 HORAS DO DIA 15 DE JANEIRO 2021, O RECENSEAMENTO ELEITORAL, NA EMBAIXADA DA REPÚBLICA DE CABO VERDE EM ITÁLIA | NO DOMINGO DIA 17 DE JANEIRO, SERÁ MONTADO UM POSTO DE RECENSEAMENTO ELEITORAL NO CONSULADO HONORÁRIO EM NAPOLI, QUE FUNCIONARÁ DAS 9 ÀS 18 HORAS.

Ulisses Correia e Silva reuniu a diáspora cabo-verdiana em Roma

O Primeiro Ministro de Cabo Verde, Ulisses Coreia e Silva reuniu-se na tarde de ontem com a nossa comunidade residente em Roma, no qual ouviu “com muita atenção e interesse as suas preocupações”, sobre questões que têm a ver com documentação, segurança social, a segurança do país, transportes aéreos, processos alfandegários, entre outras, que Ulisses Correia e Silva considerou legítimas e respondeu “com franqueza e tranquilidade”.

“Mesmo existindo alguns constrangimentos, alguns casos isolados de criminalidade, por exemplo, temos de analisar de forma global os progressos que o país conheceu nos últimos três anos. Hoje, estamos melhores.

O Governo tem intensificado os investimentos para o reforço da qualidade da justiça e segurança, assim como nos transportes, na saúde e na criação de rendimento para as famílias”, sublinhou o Primeiro Ministro nas suas intervenções, tendo também chamado a atenção para o perigo de ampliar casos de criminalidade como se Cabo Verde fosse um país inseguro.

Ulisses Correia e Silva disse aos emigrantes de São Nicolau, em Roma, que o seu Governo já aprovou o decreto que visa compensar a companhia área pela linha não rentável, de e para a ilha. Com esta medida, os sanicolauenses não vão pagar dois bilhetes de passagem para chegar a um destino, se tiverem que fazer escala noutra ilha. Mais, “temos investido em São Nicolau, assim como em todas as ilhas do país, resolvendo problemas e situações acumulados durante vários anos. Há progressos que precisamos de tempo para os consolidar, como nos transportes marítimos, na requalificação urbana e na atração de investimentos “indicou.

Em relação aos serviços consulares, o Líder do Executivo afirmou que as instruções “são claras” no sentido de as Embaixadas exercerem um serviço de proximidade e útil para as comunidades. “É por isso que temos feito um grande esforço para melhorar de forma significativa os serviços consulares e hoje sentimos que há resultados, na emissão e renovação de documentos, como o passaporte, certificados, e outros importantes no dia a dia dos nossos emigrantes”.

Ainda no encontro com a comunidade cabo-verdiana de Roma e de outras cidades de Itália, o Primeiro Ministro informou do seu programa de visita a Itália, incluindo dias em Roma e em Turim, visando reforçar o diálogo político e diplomático com aquele país. Esta intenção, fez saber Ulisses Correia e Silva, será manifestada no encontro de hoje, 04, com o Primeiro Ministro da Itália, Giuseppe Conte, com quem deverá aboradar o reforço de cooperação entre os dois países,  a criação de condições de atração de investimento italiano para Cabo Verde, assim como será reforçada a nível municipal, visto que há várias câmaras municipais com geminação e acordos de cooperação com municípios italianos, e em relação às Organizações Não Governamentais, onde há fortes intervenções.

“É importante fortalecer as boas relações entre os dois países, que remontam a década de 60, e que resultam muito pelo fato de termos em Itália uma Diáspora bem integrada e a representar muito bem Cabo Verde. As nossas comunidades enquanto embaixadores, orgulham a nação cabo-verdiana e dão uma importância acrescida ao país” enalteceu.

Fonte: www.governo.cv